Nossa Abordagem para este fator adverso

Frequente desconhecimento se a organização está alavancando positivamente ou não o conjunto das diferentes fontes de capital colocadas sob sua gestão (capital social, debêntures, empréstimos e financiamentos bancários, adiantamentos de fornecedores, etc).

Este é o mais importante fator!

Por analogia, os seus efeitos são comparáveis aos que ocorrem em um ser humano que esteja sofrendo de uma hemorragia interna, que, se não for diagnosticada e solucionada cirurgicamente em caráter emergencial, acaba levando inexoravelmente o paciente à morte, sendo ineficazes quaisquer outras terapias que cuidem de outras patologias!

Referimo-nos a um muito frequente desconhecimento se a organização está alavancando positivamente ou não o conjunto das diferentes fontes de capital colocadas sob sua gestão (capital social, debêntures, empréstimos e financiamentos bancários, adiantamentos de fornecedores, etc), tal como representada pela expressão:
CMPC < TIRLP (menor) onde CMPC representa o Custo Médio Ponderado de Capital e TIRLP representa a Taxa Interna de Retorno de seu Fluxo de Caixa de Longo Prazo.

Caso os parâmetros da organização indiquem que essa equação esteja demonstrando que CMPC>TIR, a sua viabilidade econômico-financeira se encontra seriamente ameaçada, pois estaria alavancando negativamente o conjunto de recursos financeiros colocados sob sua gestão.

Este desconhecimento usualmente decorre da não disponibilidade de um MODELO ECONÔMICO-FINANCEIRO INFORMATIZADO DO NEGÓCIO DA ORGANIZAÇÃO, através do qual se torna possível projetar o seu FLUXO DE CAIXA DE LONGO PRAZO e seus correspondentes PARÂMETROS DE ECONOMICIDADE (TIRLP, VPL e PAYBACK PERIOD), bem como ensaiar os reflexos que decorreriam de ajustes que fossem realizados em cada um de seus PARÂMETROS-CHAVE nos RESULTADOS DA ORGANIZAÇÃO.

Por outro lado, o não conhecimento do CUSTO MÉDIO PONDERADO DE CAPITAL decorre da frequente não existência de um BANCO DE DADOS INFORMATIZADO contendo as informações referentes a todas as modalidades de fontes de recursos financeiros mobilizadas (capital social, financiamentos, empréstimos, debêntures, etc).

Com esse instrumento o cálculo do correspondente CUSTO MÉDIO PONDERADO DE CAPITAL (WACC) pode ser realizado rapidamente, sendo sempre atualizado quando da mobilização adicional de recursos financeiros originados de quaisquer das fontes relacionadas, possibilitando com isso monitorar continuamente se a equação fundamental da viabilidade econômica está sendo atendida, ou seja, que CMPC < TIRLP sempre.

Entre em Contato Conosco

× Como posso te ajudar?